20 DE NOVEMBRO: DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

20 DE NOVEMBRO: DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Há 17 anos, o Congresso Brasileiro aprovou uma lei federal para instituir o Dia da Consciência Negra. A data, 20 de novembro, é em homenagem ao líder guerreiro do Quilombo dos Palmares, Zumbi dos Palmares, que foi assassinado neste dia, no ano de 1695. Zumbi era símbolo de resistência e tem importância histórica na luta pela libertação de escravos.

A lei tornou obrigatório o estudo sobre a cultura afro-brasileira nas escolas, e tem como intenção ensinar aos estudantes do país a história dos povos africanos. Além disto, muitos movimentos sociais utilizam a data para falar sobre preconceito, diferenças sociais, reverenciar Zumbi e outras figuras importantes.

Mas afinal, quem foi Zumbi dos Palmares? O líder abrigava escravos, foragidos da justiça e da violência dos senhores do engenho. Estava sempre frente aos movimentos ligados a causa, em busca de proteção e melhora de vida. A produção agrícola era o que os mantinha vivos. O quilombo onde se abrigavam, era localizado na serra da Barriga, na divisa entre Alagoas e Pernambuco, entre 20 a 30 mil pessoas viveram por lá na época.

Zumbi foi morto em uma emboscada, após ser traído por um de seus principais comandantes. Não há certeza sobre partes da história do líder, pois os seus registros foram apagados pelos conservadores do poder ao longo do Império. No entanto, nos últimos anos, o Brasil tem buscado resgatar fatos históricos sobre Zumbi e sobre a influência negra na formação do país.

A data é, portanto, motivo de reflexão e valorização do povo afro-brasileiro. Que tal tirar um tempo do seu dia para estudar sobre o tema? Converse com as pessoas, leia, pesquise, vamos aprender mais sobre a história do nosso país.

Fonte: Eko’7 Saúde.

Deixe um comentário.

Faça login com seu e-mail.