Como lidar com o sono durante o estresse

Como lidar com o sono durante o estresse

Todo mundo sabe que estresse e boas noites de sono não combinam. E para enfatizar isso, perguntamos: quantas vezes você já teve dificuldades para dormir por causa de problemas não resolvidos?
Essa pergunta foi feita para aproximadamente oito mil pessoas, dos países como: Estados Unidos, França, Japão, China, Brasil, Coréia do Sul, Alemanha, Austrália e Inglaterra.
A pesquisa chamada “Sono: uma perspectiva global”, foi desenvolvida pela Associação Mundial de Medicina do Sono em parceria com a empresa Philips, e os resultados são preocupantes.

Cerca de 83% dos entrevistados disseram que não conseguem dormir direito durante a noite, e 22% dormem menos tempo do que gostariam, de cinco a sete vezes por semana. Ou seja, além da qualidade do sono não ser boa, o tempo na cama é bem menor do que o ideal para descansar para o próximo dia.

Os entrevistados destacaram saberem a importância de uma boa noite de sono para a qualidade de vida, porém 57% afirmaram que não têm feito nada para melhorar o sono.

No Brasil, os dados levantados mostram que quando se trata de problemas para dormir, o fator psicológico conta muito. Ao contrário das tendências atuais que indicam a tecnologia como prejudicial ao sono, os brasileiros apontaram as preocupações com o trabalho (33%) e com a segurança financeira (39%) como os principais problemas que os fazem dormir mal ou, simplesmente, não dormir.

O brasileiro também é o povo que tem o menor intervalo de tempo entre jantar e ir dormir (menos de duas horas), o que afeta diretamente na qualidade do sono.

Como ter uma boa rotina de sono?

Apesar de nos deixar tensos e sem sono, é possível procurar alternativas para aliviar os momentos de tensão e relaxar o corpo para dormir melhor. Segue algumas dicas:

1. Controle seu horário de sono: defina um horário para se deitar e se levantar. Assim seu corpo vai criar uma rotina de descanso.

2. Preste atenção em coisas que possam deixar você acordado: o uso de celular, TV ou tablet antes de dormir pode não ser muito recomendado. Já tratamos sobre isso em nosso texto Uso de eletrônicos antes de dormir.

3. Termine os afazeres do dia: estabeleça tarefas que você pode realizar até um horário. Garanta que após você terminar essas atividades, possa relaxar e não se preocupar com elas.

4. Invista em um colchão que lhe proporcione relaxamento muscular: ao deitar, dedique um tempo para relaxar os seus músculos antes de dormir. Comece prestando atenção à sua respiração e depois, de maneira progressiva, procure relaxar cada parte do seu corpo. Um colchão nesse caso faz toda a diferença e a Eko’7 tem o produto certo.

Fonte: Eko’7 Saúde.

Deixe um comentário.

Faça login com seu e-mail.